Viver em tempos de pandemia.

Notícias 21 de Jul de 2021 EN ES

Estamos vivendo em uma época que muitos de nós provavelmente nunca imaginamos que viveríamos, uma "pandemia" que mudou completamente nosso estilo de vida. Vivíamos numa época de culto à velocidade, 24 horas por dia não eram suficientes para realizar nossas tarefas diárias e de repente aparece um vírus supostamente novo e... Wham! Ele quebra nossas vidas pela metade e prende toda a população mundial em suas casas, convidando-nos a não nos relacionarmos, a não nos movermos, a ter medo um do outro para não fazer nada em comum e a usar a tecnologia como única ferramenta de comunicação e trabalho. É evidente e óbvio que o reducionismo em relação ao ser humano existe e se manifesta com a única intenção de nos humilhar de forma desleal, a fim de nos entristecer com as consequências que isso traz.

A maioria das pessoas não está preparada para lidar com esta situação da maneira como vivíamos; em piloto automático, e isso leva muitas pessoas a se desesperarem por não serem capazes de prover-se, desenvolver-se e relacionar-se com os outros como faziam antes, com consequências terríveis para suas vidas pessoais, o medo tem sido enfiado em nossas vidas. O importante não é o que estamos vivendo, mas como o estamos vivendo. Quer a COVID-19 tenha uma origem natural ou artificial, quer tenha sido provocada ou acidental, quer seja uma pandemia real ou exagerada, o importante é perceber os efeitos que ela está tendo devido às diferentes medidas que estão sendo adotadas, que nada mais é do que um resfriamento em termos de distanciamento social e nos vemos como uma ameaça à nossa saúde, devemos ser inteligentes e aproveitar esta situação para nosso benefício próprio e comum.

É hora de se conectar com o eu interior, de se beneficiar deste momento e de viver com um mínimo de dignidade, é hora de calma e serenidade. É necessário parar, olhar para dentro de nós mesmos e cuidar de nós mesmos pessoalmente para que possamos dar lugar a uma nova humanidade e não ficarmos sujeitos a toda essa distopia. Como? amando a nós mesmos. E... Como nós nos amamos? Cuidando de nós mesmos. É hora de amarmos e de nos amarmos uns aos outros.

Aproveite seus dons e talentos para reinventar-se, para renascer, agora que você deixou o turbilhão da vida, pare e observe-se, comece a praticar meditação, aproveite este momento para saber quem você é e para onde vai, para conhecer a si mesmo. Aproveite sua empresa e escute a si mesmo, faça coisas que você pensou e nunca fez, valorize-se e comprometa-se consigo mesmo, atenda a seu interior para saber o que é certo para sua vida e o que não é, em suma... Ame-se a si mesmo!

Compartilhe. Se você tem dons e talentos que servem para criar coisas que podem ajudar outras pessoas... Faça-o sem hesitação, você está na era da tecnologia e é capaz de administrá-la e criá-la, tente fazê-lo de uma forma benéfica para o bem comum e coletivo, porque agora é o momento. Aproveite este tempo para se tornar uma pessoa mais humana, mais humilde, mais empática e altruísta, contribua com tudo o que puder e cuide das pessoas, mas, acima de tudo, desfrute-o... Amor!

Marcadores

EterSec

EterSec é uma célula Anonymous baseada nas ações coletivas e na diversidade. Na era da informação, não podemos nos isolar, devemos nos unir na construção coletiva de um futuro mais livre.